Boca Miúda

BOCA MIÚDA: Os bastidores da política na Região dos Lagos nesta sexta-feira (8)

Marquinho e a intervenção na Comsercaf; Dinheiro de volta; Verba para a juventude; Prefeito em exercício de Búzios muda PL da LOA; Oposição boicota votação em Iguaba; Prefeito Chumbinho é operado; E muito mais...

Em: 08/12/2017 às 18:39:28
Equipe RC24h

NERVOS DE AÇO

O cara chegar ali, na frente de todos, especialmente a imprensa, e fazer o que o prefeito de Cabo Frio, Marquinho Mendes fez, é preciso ter nervos de aço. Jurou de pé junto que não sabia de nada das armações de Claudio Moreira (ex-presidente da COMSERCAF). Foi pressionado de todas as formas, mas se manteve calmo e rechaçou qualquer afirmativa, ou mesmo insinuação de envolvimento dele nas fraudes da autarquia. Se ele tem ou não participação, só o tempo e as investigações poderão responder. Mas até que tudo seja totalmente esclarecido, esse “House of Cards” da restinga vai ter muitos capítulos eletrizantes.

 

 

 

DECEPANDO ORÇAMENTO

E mais que palavras (essas o vento leva), é preciso ações enérgicas. E enquanto o prefeito se pronunciava, os vereadores agiram na foice. Deceparam o orçamento da COMSERCAF, que da previsão inicial de R$ 106 milhões, R$ 70 milhões serão redistribuídos para outras áreas. E a Educação, fica com melhor fatia (certíssimo) mais R$ 34 milhões. Assim, a autarquia ficará com 1/3 do que estava previsto antes de todo esse escândalo acontecer. O povo agradece.

MAIS RIGOR

E não é só isso. Nesta tarde a Procuradoria da Câmara enviou ofício pedindo acesso a todos os contratos realizados pela COMSERCAF em 2017 e os anos anteriores. Outra medida que vai colaborar com a transparência é a formação de uma comissão mista para acompanhar a administração. Comissão essa que terá como membros funcionários efetivos da Câmara, vereadores da base e da oposição. Agora é controlar os ânimos para que a tal comissão não vire palanque político nem engodo. 

 

 

 

 

DINHEIRO DE VOLTA

Em entrevista ao RJTV 1ª edição, o delegado da Polícia Federal, Dr. Felício Laterça, disse que entre os objetivos da Operação Basura, está a recuperação do dinheiro desviado da Comsercaf, valor estimado em R$ 60 milhões. Para isso, os bens dos envolvidos foram confiscados e as contas bloqueadas. Dr. Laterça disse ainda que podem existir outros contratos fraudulentos e que a operação vai ter outros desdobramentos, que são o aluguel de ambulância e a iluminação pública. E mais: o delegado afirmou que há agentes públicos envolvidos no esquema.

 

 

 

 

TOLERÂNCIA ZERO

Uma conversa de corredores na Câmara de Arraial do Cabo, vindo não se sabe de que raio partido, ventilou a possibilidade de aumentar a taxa de embarque nos passeios de barcos. Os vereadores da base e oposição se uniram e antes que o boato pudesse tomar forma, foram à sessão de ontem e já se anteciparam contrários. Thiago Fantinha foi enfático: “Se isso acontecer, deixo a base do governo”. Num instantinho o boato se dissipou na velocidade do vento sudoeste. E não se toca mais nesse assunto. 

 

 

 

VERBA PARA A JUVENTUDE

O superintendente da Juventude de Arraial do Cabo, Júnior Arruda, recebeu a visita do deputado federal Zé, Augusto Nalin. O parlamentar anunciou que apara o ano que vem, será destinada verba de R$ 200 mil para a Superintendência da Juventude, em emenda parlamentares. O deputado acaba de abrir uma loja em Arraial do Cabo, gerando muitos empregos, o que foi muito comemorado pela moçada cabista.

 

 

 

 

SANANDO INCONSISTÊNCIAS

O prefeito em exercício de Armação de Búzios, Carlos Henrique Gomes, enviou para a Câmara um outro Projeto de Lei, que estima e fixa as receitas e despesas do município, para o exercício de 2018 (LOA). O que estava tramitando na Casa Legislativa era o PL 70/2017, mas este foi arquivado. O PL 81/2017 foi o que substituiu o antigo, sob a alegação de “sanar inconsistências na proposição”. Tais incongruências não dizem respeito ao Artigo 8º, que “autoriza o Executivo a proceder abertura de créditos adicionais suplementares, até o limite de 50%, dentro do orçamento”. Ou seja, o prefeito quer que metade do orçamento, que é de R$ 235.513.462,82, para remanejar como bem entender. O novo projeto foi encaminhado à Comissão de Finanças e Orçamento para ser analisado. O documento está disponível no site da Câmara de Búzios.

 

 

 

 

GRUPO FORTE

Ainda sobre Búzios, Cláudio Agualusa (PRB) viajou com a família para o Sul do país e fica fora da cidade por 15 dias. Mas, quando voltar, ele vai se articular para formar um grupo forte para trabalhar na pré-candidatura dele a deputado estadual.

 

 

 

 

 

 

 

PREFEITO OPERADO

Outro prefeito da Região dos Lagos que passou por procedimento cirúrgico foi o de São Pedro da Aldeia, Cláudio Chumbinho. Ele foi internado na quinta-feira (7) às pressas no Hospital Santa Izabel, em Cabo Frio, com crise de apendicite e teve que fazer cirurgia de urgência para a retirada do apêndice. Mas Chumbinho passa bem e agora ele segue no quarto do hospital em recuperação.

 

 

 

 

 

 

OPOSIÇÃO NÃO FOI

Em Iguaba Grande, a oposição bateu o pé, e não compareceu na sessão extraordinária, convocada pelo presidente da Câmara, Balliester Praguer, para a manhã desta sexta-feira (8). Duas viaturas da PM ficaram na porta da Casa, para “garantir a segurança dos edis”. Segundo o líder da oposição, Vantoil Martins, os cinco vereadores não compactuam com o circo armado pelos governistas, para aprovar as vontades da prefeita, entre as quais, os 30% do orçamento para remanejamento. Sem o quinteto da oposição, a bancada da prefeita aprovou a LDO em segunda votação e a LOA em primeira. “Não comparecemos pois consideramos essa plenária arbitrária e antirregimental. No final permaneceu a vontade do governo, ou seja, a prefeita tem 30 milhões para ela movimentar sem precisar da Câmara”, disse Vantoil que contou para a Boca Miúda, que os vereadores vão recorrer à justiça para anular a votação desta sexta.

 

 

 

 

 

CONTRATOS SUSPENSOS AINDA

Apesar da prefeita de Iguaba, Grasiella Magalhães, ter conseguido uma liminar que reverteu o afastamento dela da Prefeitura, os contratos de fornecimento de quentinhas seguem suspensos. Isso  significa que as empresas Comida Caseira  e Delícias da Feirinha não podem mais fornecer quentinha e nem café da manhã para a Prefeitura. O desembargador André Andrade, do Tribunal de Justiça (TJ-RJ) considerou que a fundamentação da decisão era insuficiente e desta forma, suspendeu o afastamento da prefeita. Mas os contratos seguem impugnados, para “em primeiro momento, preservar suficientemente os interesses do erário”. Depois de ficar alguns dias longe da sede do Executivo, nesta sexta-feira, a prefeita retomou os trabalhos e até participou do hasteamento da bandeira pela manhã, ao lado do vice, Leandro Coutinho.

 

 

 

 

 

 

QUEIMA DE FOGOS

Em Araruama, a Prefeitura já anunciou que a cidade terá a maior queima de fogos de todo o interior do Estado, na Praia do Centro. O show da virada será com a escola de samba carioca Beija-flor de Nilópolis, na Praça de Eventos. A prefeita Lívia Bello já convidou a todos para prestigiarem o evento. Araruama, definitivamente, caminha na contramão da crise da região, do Estado e do País.


 Tópicos: Boca Miúda,  política,  Região dos Lagos, 


Fotos





Notícias Relacionadas

Notícias Relacionadas

Renata Cristiane

contato@rc24h.com.br
Twitter: @renatarc24h
Tel.: 55 (22) 99930-8382
Todo conteúdo publicado neste portal é de responsabilidade exclusiva da redação do RC24h.